Escaladas em Andradas - Rumos: Roteiros para sua próxima aventura!
Escaladas em Andradas
 Arquivos disponíveis:
Selecione um dos arquivos disponíveis
Escalada fácil
Escalada moderada
Escalada difícil

País - Brasil - Minas Gerais Bookmark and Share

Escaladas em Andradas

Temporada ideal: Março a Novembro

Outros locais do roteiro:

  • Morro do Elefante
  • Morro do Patano
  • Morro do Boi
  • Forma da obtenção dos dados:

    Via GPS, Pedro Hauck

    Mais informações sobre este roteiro:


    A região de Andradas, Sul de Minas, tem muitas opções de escalada e os principais locais são a Pedra do Elefante, Boi e do Pantano, na zona rural da cidade.

    O acesso à rocha é fácil e no local há serviços, como refúgios de montanha, que facilita a vida de quem vem de longe, por isso é considerado como um dos melhores lugares para se escalar em rocha na Serra da Mantiqueira.

    Nestes três morros, predominam vias tradicionais de excelente qualidade, na maior parte das vezes, vias que têm uma dificuldade mediana, mas que exigem experiência com móveis, pois as conquistas na região sempre procuraram usar o mínimo de proteções fixas, assim é recomendável que o escalador tenha um jogo de peças ativas, caso contrário ele fica limitado a vias secundárias.

    O Morro do Elefante é o que tem as vias mais longas. Na "cabeça", ficam as vias mais fáceis e que não precisam de móveis, a Era do Gelo e Vulcano. No "corpo", ficam vias mais comprometedoras que tem em média 250 metros de altura. As mais clássicas são "5.15", "Zênite" e "Paredão CEAR". Cuidado com o rapel, pois há vias que não tem esta opção.

    O Morro Pantano é o mais próximo da zona dos refúgios. Ele tem um granito mais abrasivo, com vias bastante machuquentas, como é o caso da Nini Van Prehn. As vias mais clássicas do local são: Savamu, Monstro do Pantano, Tendências Sociofóbicas, Pão Francês e Andragonia, a via mais difícil da parede.

    No lado direito da Pedra do Pantano, fica um campo escola, ideal para quem está aprendendo a escalar e dar seus primeiros passos com escalada em móvel.

    O Morro do Boi é a pedra menos frequentada, mas é uma das mais bonitas. De cara o escalador é brindado com uma bela cachoeira na base das vias, que lá são bem fortes, pois a parede é bem inclinada. A via mais bonita do local é a "Irmãos Rocha", seguida da "Supreme a cubana".

    As informações e os croquis das vias podem ser adquiridos com o Pedro Zenetti, o Jacaré, dono do Refúgio do Pantano. Veja o site do Refúgio.

    Dicas:

    Para escalar em Andradas é necessário ter um prolongador de costuras para diminuir o atrito da corda e evitar o arrasto. Para fazer isso compre uma fita de escalada (de preferência de 60 cm) e um mosquetão avulso (de preferência com gatilho curvo). Escale com a fita a tiracolo, clipe a fita na costura e a corda no mosquetão avulso.

    Tenho um jogo de móveis e saiba com usar. Usar solteiras reguláveis ajuda bastante (pode ser Daisy Chain ou Multi Chain).

    Se proteja do sol e cuidado com abelhas.

    Veja mais:

    :: Escalando em Andradas – Parte I

    :: Escalando em Andradas – Parte II


    :: Compre o Guia de Escalada de Andradas na Loja AltaMontanha:





    Quer contribuir com o Rumos?

    O Rumos está aberto a contribuição de seus leitores. Clique para saber mais.

     



    .
    O site Rumos: Navegação em Montanhas é mantido pelo Portal AltaMontanha.com - Consulte nossa Política de Uso!